GIRO DE ESTOQUE: Aprenda a calcular indicadores e melhore a gestão logística

O giro de estoque mostra qual é o tempo médio de renovação dos produtos que a sua empresa mantém estocados e é um indicador importante para evitar problemas de abastecimento e de excesso de mercadorias.

 

Podemos dizer que a gestão de estoque é uma tarefa complexa. Basta pensar nas diversas variáveis que estão relacionadas a essa atividade: é preciso manter um sistema para realizar o cadastro e controle dos produtos, desenvolver fluxos e processos que envolvem equipe, fornecedores e distribuidores, sem esquecer da organização do próprio espaço físico onde os itens são armazenados.

Você pode encontrar uma lista de fatores a considerar para uma boa gestão de estoque e dicas para cada um deles aqui mesmo no blog.

Cada negócio tem as suas características específicas de operação e, portanto, não existe fórmula mágica ou solução definitiva: para um bom controle de estoque é preciso conhecer bem a sua empresa para fazer com que as informações estratégicas trabalhem a favor dos seus resultados.

O giro de estoque é um indicador que mostra o tempo médio para a renovação do estoque de um determinado produto. Esta é uma informação estratégica preciosa que pode ser obtida a partir de uma planilha de controle de estoque e aplicada tanto para começar a organizar o estoque de forma mais inteligente quanto para aprimorar os processos que já estiverem em vigor no seu negócio.

planilha excel gestao e controle de estoque - curva abc

 

A seguir, vamos utilizar um exemplo de cálculo para explicar melhor o giro de estoque e como é possível utilizar este indicador na prática para uma gestão mais eficiente.

 

Calculando o giro de estoque

O giro do estoque é a razão entre as vendas realizadas e o volume do estoque, que podem ser expressos em quantidades ou valores. Para não errar nas contas é preciso atentar-se ao período considerado, mas a fórmula do cálculo desse indicador é bastante simples:

Giro do estoque = Volume de vendas / Média do estoque

Vamos considerar um produto A que teve 2 mil unidades vendidas no ano de 2017. Durante este mesmo ano, a média deste produto no estoque foi de 200 unidades. Qual é o giro de estoque do produto A para o ano de 2017? Para este cálculo, basta substituir os valores da fórmula:

Giro do estoque = 2.000 / 200 = 10 giros

Para fazer o cálculo em função dos valores das vendas e dos produtos em estoque, vamos seguir o mesmo princípio. Se um produto B gerou R$25 mil de receita durante agosto de 2017 e o valor do estoque médio apurado no período foi de R$5 mil, qual é o giro de estoque para este mês?

Giro do estoque = R$25.000 / R$5.000 = 5 giros

Estes números revelam em média quantas vezes o estoque é renovado a cada ano, ou, colocado de outra forma, a cada quantos dias é esperado que o estoque seja reposto.

Algumas aplicações práticas podem ser, por exemplo, a definição de um estoque de segurança ou mesmo uma provisão de gastos ou capital de giro para reposição de mercadorias. Assim, o indicador do giro de estoque pode fornecer insights para áreas desde a logística até o planejamento financeiro.

planilha excel gestao e controle de estoque - curva abc

 

Outras dicas sobre estoque

O giro do estoque sempre se refere a um período específico porque o volume das vendas e o volume médio do estoque, por sua vez, também se referem a períodos específicos, como um determinado mês ou um ano. É fundamental que o intervalo considerado seja o mesmo para evitar possíveis distorções nos cálculos, além da realização regular do inventário de estoque, afinal, o objetivo do indicador é justamente oferecer uma gestão mais precisa.  

É importante também levar em consideração, portanto, que o giro do estoque não é um número definitivo, mas uma fotografia da operação da empresa em um dado momento. A atualização do indicador é necessária para obter maior controle e fazer análises mais ricas e que reflitam melhor a realidade.

O giro de estoque é apenas um dos indicadores sobre o seu negócio e combiná-lo com outras perspectivas pode ser ainda mais eficiente para a administração do seu negócio.

As metodologias da curva ABC e do princípio de Pareto são exemplos de ferramentas estratégicas com indicadores de estoque que já foram discutidas neste blog.
Conheça os artigos e as planilhas e comece já a pensar em seu estoque de forma integrada e estratégica!

 

Planilhas prontas para a sua gestão logística:

Trabalhar com uma planilha para controle de estoque + indicadores de estoque facilita a sua gestão logística e de capital de giro, por meio do sistema de cadastro de produtos e um inventário de seu estoque, além de fornecer gráficos e análises de giro de estoque muito úteis para a tomada de decisões. Fazendo esse controle, você obterá os benefícios de ter um estoque de segurança em dia.

Outra ferramenta fundamental para você identificar os produtos de movimentação mais recorrente é o diagrama de pareto em Excel. Com ele você pode identificar os produtos que tem grande participação na sua receita e outros insights para a sua gestão.

Conheça outras planilhas recomendadas para uma eficiente gestão, planejamento e operação de estoque:

Planilha Kaizen 5S
Planilha 5W2H
Planilha Gestão de Estoque + Vendas
Planilha Diagrama de Pareto
Planilha Avaliação de Fornecedores
Planilha Kanban

Postado por Bruno Nardi Postado por Bruno Nardi
Formado em administração de empresas, diariamente desenvolvo negócios digitais, conteúdos empresariais e práticas educacionais. Atuei em áreas de finanças, administração, logística, atendimento ao cliente e vendas. Sempre buscando soluções em produtividade, analise e otimização de processos em planilhas de Excel. Viajante nos dias livres, desenvolvimento humano, pedaladas e permacultura estão nas minhas práticas.