Pesquisa Salarial: Aprenda o que é e saiba como fazer na sua empresa

A pesquisa salarial é uma estratégia utilizada pelas empresas para diagnosticar se os colaboradores estão recebendo a remuneração justa – em comparação ao mercado, sobretudo quando falamos da concorrência.
Após fazer uma pesquisa de salários a empresa terá números para pautar decisões como:

Razões para fazer a pesquisa salarial

Podemos citar algumas razões para que você faça a pesquisa salarial, são elas:

  • Manter a empresa competitiva no mercado.
  • Manter a motivação no ambiente de trabalho.
  • Identificar oportunidades de contratação e crescimento.
  • Contratar profissionais mais qualificados.
  • Desenvolver os profissionais já atuantes na empresa.

Qual é a periodicidade da pesquisa salarial?

Como a pesquisa salarial lida com aspectos da motivação e da produtividade dos seus colaboradores – já que bons salários são elementos importantes para a motivação da equipe – é recomendável que a pesquisa salarial seja feita uma vez ao ano.
Deve-se considerar que diversos fatores podem mudar o valor do trabalho ao longo dos meses. Também convém conversar individualmente com seus colaboradores para descobrir se eles estão motivados e se têm planos para o futuro dentro da empresa.

O que é preciso para fazer uma pesquisa salarial?

Uma pesquisa de salários é dividida em três etapas, sendo elas:

1) Pesquisa.

2) Análise.

3) Tabulação.

Planilhas Excel Recursos Humanos - Gestão de Pessoas

 

Escolha as empresas concorrentes – fase “A Pesquisa”

A primeira decisão para começar a sua pesquisa salarial está em selecionar quais serão as empresas concorrentes analisadas. Nesse momento é importante fazer uma seleção com base em fatores como:

  • Porte da empresa, uma vez que ela precisa ter o mesmo tamanho em funcionários do que a sua – ao menos o número deve ser aproximado.
  • Região onde a empresa atua e o segmento, tomando cuidado para observar as diferenças regionais entre os salários dos colaboradores.
  • Cargos ou profissionais que possam ser comparados, algumas empresas dão títulos diferentes para cargos que executam a mesma função.
  • Convém estar atento a estas informações.

Para realizar a pesquisa salarial a sua empresa irá coletar dados de outras organizações. Essas informações serão a base da comparação entre os salários praticados na sua empresa os da concorrência.
Importante: fazer essa comparação entre empresas de portes diferentes não faz sentido e gera informações irrelevantes. Uma startup de 7 funcionários em comparação a uma gigante do ramo com mais de 1.000 são compostas por estruturas organizacionais muito distantes em capacidade financeira e operacional. Por exemplo, em uma Startup os colaboradores terão que assumir diversas funções, como o vendedor que também é comprador, ou o gerente que cuida de áreas do RH.

Por outro lado, em empresas multinacionais os cargos estão bem definidos e as responsabilidades dos colaboradores não se comparam com o que ocorre nas Startups. Em uma pequena empresa qualquer descuido de um colaborador pode significar perdas significativas para a empresa.
Os dados coletados precisam vir de fontes que tenham capacidades operacionais similares, garantindo que os salários comparados sejam entre colaboradores que tenham responsabilidades parecidas.

Faça a análise dos cargos – fase “A Análise”

Selecionadas as empresas é hora de fazer a comparação entre os cargos. A pesquisa segue critérios parecidos com a etapa anterior, sempre cuidando para que os setores comparados façam sentido (estejam dentro de uma mesma realidade).

As informações relevantes para comparação envolvem:

  • O número de colaboradores que possuem o mesmo cargo na concorrente.
  • O quão relevante é o cargo em questão para as estratégias da outra empresa.
  • As responsabilidades do cargo.
  • A importância geral do cargo no mercado de trabalho.

Registre todas as informações coletadas na pesquisa salarial – fase “A tabulação”

Depois que os dados forem coletados, você irá realizar a tabulação. Com ela você terá uma análise da situação, sendo capaz de comparar os salários. É com essas informações que a empresa conseguirá realizar ajustes salariais, estabelecer planos de crescimento profissional para os colaboradores e oferecer valores condizentes com o mercado.

A pesquisa salarial existe apenas para motivar os colaboradores?

Não. Embora essa seja uma das suas funções primordiais. A motivação dos colaboradores passa por uma série de questões, mas podemos destacar 5:

  • Falta de suporte.
  • Salários baixos.
  • Impossibilidade de crescimento.
  • Falta de reconhecimento.
  • Benefícios não atrativos.

Como você pode ver neste artigo, dos fatores motivacionais para um colaborador, a pesquisa salarial cuida de ao menos 4 deles.

  • Resolve os salários baixos: uma pesquisa bem feita garante que seus colaboradores tenham remunerações justas.
  • Resolve a impossibilidade de crescimento: a empresa munida das informações da pesquisa poderá elaborar planos de carreira, abrindo possibilidade para desenvolvimento dos profissionais.
  • Resolve a falta de reconhecimento: com uma pesquisa será possível para a empresa valorizar seus melhores e mais importantes colaboradores.
  • Resolve o problema dos benefícios não atrativos: a pesquisa irá garantir que a empresa tenha os dados sobre o que os concorrentes estão oferecendo e assim suprir as necessidades dos profissionais.

Conheça mais 9 ferramentas para otimizar sua gestão de pessoas.

Há outras maneiras de fazer uma pesquisa salarial?

Sim, você também pode acessar estes sites:

Garanta o desenvolvimento pleno da gestão de pessoas com uma ferramenta simples

Conheça a Planilha para plano de cargos e salários, com ela você poderá organizar e planejar o crescimento dos seus colaboradores dentro das possibilidades da empresa. Uma solução indispensável para quem deseja colocar em prática um plano de carreira para seus funcionários.

Bruno Nardi - Curadoria Excel Solução Bruno Nardi - Curadoria Excel Solução
Criador de negócios digitais e curador de conteúdos empresariais, desenvolvo um projeto de inteligência de inovação sistêmica e de educação financeira. Administrador por formação (UNIP), atuei desde 2007 em organizações de pequeno a grande porte nas áreas de finanças, administração, logística, atendimento e vendas. Desde 2014 no planejamento estratégico de novos negócios e marketing digital no site Excel Solução. Nos dias livres eu viajo, pedalo, faço trilhas e absorvo os aprendizados para te oferecer a minha melhor versão humana.